segunda-feira, dezembro 10, 2018

Living Coral: a cor do ano de 2019

-
0 Comentários


Olá amores!

A Pantone anunciou alguns dias atrás, mais precisamente no dia 05 de dezembro, a cor do ano de 2019: a cor PANTONE Living Coral 16-1546, um coral vivo que faz referência à natureza, os corais e, que simboliza a necessidade de otimismo e atividades alegres.




A tonalidade, suave, vibrante e quente que evoca a diversidade de tons dos recifes de coral e traz uma sensação vibrante, deve invadir as tendências no próximo ano nas áreas de design, da beleza e da moda.




O Pantone Color Institute™ é a unidade comercial da Pantone que revela as cores tops dos designers em desfiles internacionais, lança tendências globais de cores, presta consultorias de cores para lançamentos de produtos e aconselhamento sobre identidade visual de marca, selecionando desde 2000 uma cor que influencia diversos segmentos de design e desenvolvimento de produtos ao longo do ano. 

Através de estudos de tendências antecipados e sazonais, a psicologia da cor e a consultoria “consultativa” de cores, o Pantone Color Institute™ tem parcerias com marcas globais para trabalhar o poder, a psicologia e a emoção da cor na sua estratégia de design.

“A cor é uma lente que equilibra as realidades naturais e digitais da experiencia humana, sendo Living Coral um verdadeiro equalizador. Consumidores anseiam por conexões mais humanas e por conectividade social, qualidades expressas pelo alegre e acolhedor Living Coral, que acerta em cheio, preenchendo esta busca.”– Leatrice EisemanDIRETORA EXECUTIVA DO PANTONE COLOR INSTITUTE


Pelos próximos 365 veremos essa cor em roupas, acessórios, objetos de decoração, ambientes, cosméticos e tudo o que você possa imaginar.
Por aqui amamos a escolha e já estamos aderindo. 

Esmalte CHOCADA Impala


E você? O que achou da cor Living Coral a cor do ano de 2019?

Beijokas da Lelê!

quinta-feira, dezembro 06, 2018

Linha Collezione Cupuaçu - Visobel Itallique

-
0 Comentários

Olá amores!

Nada como uma linha capilar com tecnologia de salão para cuidarmos dos nossos cabelos em casa, não é mesmo?!?

A 👉 Linha Collezione Cupuaçu 👈 composta por: shampoo, condicionador, máscara capilar e creme pra pentear foi desenvolvida pelo Centro de Pesquisas Visobel Itallique a partir das propriedades da Manteiga do Cupuaçu.

Oriundo da Amazônia, o cupuaçu tem utilidades medicinais, culinárias e cosméticas. 

manteiga de cupuaçu é um produto natural de origem vegetal, com textura similar a uma pasta, de cor esbranquiçada, e utilizado principalmente para combater o ressecamento da pele e dos cabelos, pois mantém a sua hidratação, entre outras diversas propriedades.
manteiga de cupuaçu apresenta alta capacidade de absorção de líquidos, cerca de duas vezes superior à da lanolina, que é proveniente de origem animal e frequentemente um produto que causa alergias. Além do mais, a manteiga de cupuaçu é uma ótima alternativa vegana aos derivados animais.
As pesquisas mostram que sua manteiga tem poder de reposição do equilíbrio hídrico do cabelo, agindo diretamente no cimento intercelular, sendo portanto indicado para cabelos danificados por agressões químicas ou físicas constantes.
manteiga de cupuaçu promove suavidade e maciez aos cabelos, aumentando a sua umidade natural e elasticidade, condicionando-os devido a seu alto poder de absorção de água, evitando a desidratação.
Essa linha capilar se torna ideal para cabelos quebradiços, secos e ressecados devido à longa duração das propriedades de hidratação que repõem a umidade, presentes em sua fórmula, promovendo a selagem das cutículas e proporcionando um brilho saudável com redução no volume das madeixas.
Modo de usar os produtos mostrados na foto anterior:
💦Aplique o shampoo nos cabelos molhados, massageando-os bem e, em seguida enxague-os. Se achar necessário repita a aplicação.
💦Após lavar os cabelos espalhe o condicionador no sentido do comprimento para as pontas, massageando bem. Deixe agir por 3 minutos e em seguida enxague bem.
💦Antes de pentear as madeixas aplique uma pequena quantidade do Creme para Pentear nos fios no sentido comprimento e pontas do cabelo, massageando. Não enxague.
Gostaram dessa dica???
💋Beijokas da Lelê!


sábado, dezembro 01, 2018

‘Dezembro Vermelho’: Mulheres na luta contra a Aids

-
0 Comentários


1.º de dezembro é o Dia Mundial da Luta contra a Aids e durante todo o ‘Dezembro Vermelho’ acontece a campanha de alerta contra a doença.  Apesar do número de pessoas infectadas com o vírus HIV estar em queda nos últimos anos, de acordo com relatório recente da Organização das Nações Unidas (ONU), o índice vem crescendo em mulheres entre 15 e 19 anos e também entre aquelas com mais de 60 anos. 

Dados do UNAIDS (Programa das Nações Unidas sobre HIV/Aids) mostram que cerca de 870 mil mulheres se infectam com o HIV todos os anos no mundo, colocando a AIDS como a maior causa de mortes entre mulheres em idade reprodutiva (de 15 a 49 anos). 
No Brasil, de 1980 até junho de 2017, 306.444 tinham o vírus da Aids. 


“Infelizmente hoje muitas pessoas estão deixando de se preocupar com a AIDS e não usam camisinha durante o ato sexual. O crescimento da AIDS entre adolescentes mostra a inconsequência de não usar preservativo durante o sexo. O mesmo ocorre entre as idosas com mais de 60 anos. É importante que todas as mulheres conversem com seus parceiros sobre o uso de preservativo. Ele não só previne a transmissão do HIV, como também de outras doenças sexualmente transmissíveis (DST), como sífilis, HPV, clamídia, gonorreia e as hepatites B e C”, alerta Juliana Pierobon, ginecologista da Altacasa Clínica Médica, em São Paulo. 

A especialista explica ainda que as mulheres na pós-menopausa muitas vezes deixam de usar o preservativo por não correrem mais o risco de engravidar e isso acaba abrindo portas para que contraiam o vírus da AIDS. 

“Além de serem de uma geração anterior à AIDS, muitas não têm o hábito de exigir o preservativo, ainda tem essa questão de não mais engravidar. Por isso o índice de mulheres com HIV após os 60 anos tem crescido tanto”, ressalta a médica.

O uso de preservativo, seja ele o preservativo masculino – o mais usado - ou o feminino, é fundamental em todas as relações, principalmente nas casuais. É uma questão de hábito e adaptação. O casal pode experimentar marcas e modelos diferentes para verificar com o qual melhor se adaptam. 

O que dificulta a vida da maioria das pessoas com AIDS é o preconceito. No caso das mulheres, na maioria das vezes, a visão do HIV está ligada à promiscuidade.  

“O preconceito e o medo aumentam os riscos do contágio. Muitas vezes, as mulheres se questionam se devem pedir ao parceiro para usar camisinha ou não, ou até mesmo se devem contar para ele sua condição de soropositiva. É preciso se informar, conversar com o parceiro e confiar. A segurança é a chave para uma vida sexual plena”, pontua a ginecologista da clínica Altacasa, que faz um outro alerta: “Mesmo que as chances do homem transmitir o HIV sejam maiores, as mulheres também podem ser transmissoras do vírus”.

Uma vez contraído o vírus, ainda é possível ter uma vida com qualidade. A ONU estima que, atualmente, 75% dos indivíduos que vivem com o HIV conhecem seu estado sorológico. Essa condição é importante porque, com o tratamento e o vírus indetectável, a pessoa não é capaz de transmiti-lo e ainda consegue manter uma boa qualidade de vida, sem manifestar os sintomas da Aids. 

O que faz com que um soropositivo tenha o vírus indetectável é o tratamento com medicamentos antirretrovirais, chamado ‘coquetel antiaids’. No Brasil, 92% das pessoas que fazem esse tratamento já atingiram o estado de vírus indetectáveis. 

Mesmo assim, a ginecologista explica que os cuidados devem ser permanentes e que o uso do preservativo é fundamental também na relação sexual entre duas pessoas com HIV, já que as mutações e resistências do vírus são diferentes, de acordo com cada organismo. 

“A infecção acontece por meio de uma quantidade pequena de vírus, que sofre mutações. O sistema imune pode eliminar alguns desses vírus modificados e manter aquela mutação que mais se adaptou ao corpo. Ao fazer sexo sem preservativo com outra pessoa soropositiva e com o vírus ainda detectável, há o risco da transmissão de um subtipo de vírus mais resistente”, explica Juliana Pierobon. 

O vírus HIV infecta células do sistema imunológico, destruindo ou prejudicando seu funcionamento. A infecção resulta em uma progressiva deterioração das defesas do paciente, facilitando o surgimento de outras infecções e problemas de saúde, quando não há tratamento. O vírus pode ser transmitido pelo sangue, sêmen, secreção vaginal, no ato sexual ou ao compartilhar agulhas e seringas com alguém com o HIV. 

Diante de todo esse cenário, a prevenção é fundamental. 

Duas ações são importantes: manter hábitos que tornam o sexo seguro e fazer exames de sangue periódicos para uma detecção precoce do vírus, em caso de contaminação. O exame pode ser feito na rede pública de saúde, de forma gratuita, e o resultado é seguro e estritamente sigiloso.

💋Beijokas da Lelê!

quarta-feira, novembro 28, 2018

Energia Renovada - Água de Coco, Chá Verde & Gengibre Embelleze

-
1 Comentário Comentários

Oi amores!

Hoje vou falar sobre outro kit capilar da Embelleze, linha Vitay que usamos e aprovamos:

🌴Energia Renovada - Água de Coco, Chá Verde & Gengibre🌴

Indicado para todos os tipos de cabelo, esses dois produtos auxiliam na regeneração e purificação capilar, graças aos ativos mineralizantes  Água de Coco, Chá Verde e Gengibre, presentes em sua fórmula.
Mesmo sendo hidratante, a dupla limpa bem os fios sem pesar nos mesmos e sem deixa-lós oleosos.
E detalhe super importante: os cabelos ficam super hiper macios e cheirosos!!!!

🌴Shampoo🌴
Principais ativos - contém Ureia (hidrata), Acido lático (trata, regenera o fio), Glicerina (umectante), água de coco (nutre), Phyto cell tec (células troncos vegetais: proteção UV e regeneração), Extrato de Alga Vermelha (higieniza), extrato de raiz de gengibre (diminui oleosidade) extrato de cravo da índia (ajuda no crescimento capilar)
Modo de usar:

Coloque uma boa quantidade do shampoo nas mãos e massageie o couro cabeludo e os fios. Retire. Se achar necessário, lave novamente e enxágue bem.

Composição:
AQUA, SODIUM LAURETH SULFATE, COCAMIDOPROPYL BETAINE, PEG-14 M, GLYCOL DISTEARATE, CETYL ALCOHOL, GUAR HYDROXYPROPYLTRIMONIUM CHLORIDE, HYDROXYETHYL UREA, PARFUM, POLYQUATERNIUM-7, COCAMIDE DEA, BENZYL ALCOHOL, PHENOXYETHANOL, COCAMIDE MEA, DISODIUM EDTA, POTASSIUM CHLORIDE, LAURETH-10, CHLORPHENESIN, LACTIC ACID, GLYCERIN, BHT, MALUS DOMESTICA FRUIT EXTRACT, KAPPAPHYCUS ALVAREZII EXTRACT, COCOS NUCIFERA FRUIT EXTRACT, LINALOOL, D-LIMONENE, CITRAL, ZINGIBER OFFICINALE ROOT EXTRACT, CAMELLIA SINENSIS LEAF EXTRACT. 

🌴Condicionador🌴
Principais ativos - manteiga de karité (altamente hidratante), Amido de  milho (absorve oleosidade e alinha o fio), Glicine (aminoácido, repõe massa), Óleo de soja (nutre), Acid benzoico (regula pH), água de coco (nutre e hidrata), extrato de raiz de gengibre (diminui oleosidade), acido lático ( regula pH e dá maleabilidade ao fio), extrato de cravo da índia (crescimento).
Modo de usar:

Após usar o shampoo coloque um pouco do tratamento condicionante 
nas mãos. Espalhe por toda a extensão dos fios e enxágue bem.


Composição:

AQUA, CETEARYL ALCOHOL, BUTYROSPERMUM PARKII BUTTER, ZEA MAYS STARCH, GLYCINE SOJA OIL, CETRIMONIUM CHLORIDE, HYDROXYETHYL UREA, BENZYL ALCOHOL, PARFUM, BENZOIC ACID, BHT, MALUS DOMESTICA FRUIT EXTRACT, 
PEG-90M, SORBIC ACID, COCOS NUCIFERA FRUIT EXTRACT, KAPPAPHYCUS ALVAREZII EXTRACT, LINALOOL, D-LIMONENE, CITRAL, ZINGIBER OFFICINALE ROOT EXTRACT, LACTIC ACID, CAMELLIA SINENSIS LEAF EXTRACT.

💋Beijokas da Lelê e até o próximo post!